Skip to main content

Jário é mestre de yoga, pedagogo, defensor dos animais, escritor, blogueiro, praticante de kung fu e mora em Brasília.

jar.io

www.jario.com.br

O yin e yang climático do Brasil, no Rio um calor de derreter, enquanto, São Paulo e Brasília, o povo está quase evoluindo e criando guelras.

Aqui a cidade está a ponto de pegar fogo de tanto calor, enquanto isso no Estado do Espírito Santo, está pegando fogo literalmente... saques, assaltos, incêndios e a polícia de greve.

Calor, calor, calor... contudo, segundo o carioca, nem está tão quente como nos anos anteriores... aqui pelo jeito, o efeito estufa está em reverso... só que não...

A praia de botafogo, praticamente na varanda, mas ali é local de despejo dos rejeitos da companhia de esgoto, aí você pensa em se refrescar na Barra, mas lembra que mesmo em mar aberto, é lá onde se joga todo esgoto não tratado do Rio de Janeiro. Preferia ter um quintal, uma bacia e uma mangueira!

Quando você dirige em Brasília e se irrita com o brasiliense que não sabe dirigir... até você descobrir que o carioca, além de dirigir mau, é descortez, mal-educado e violento. Faz o trânsito de Brasília parecer o interior de um templo zen.

Quando no Rio de Janeiro, você acreditar que ruim é ser roubado por um delinquente, aí se depara com a prefeitura, que faz muito pior.

"Viver no Rio de Janeiro é padecer no inferno". Você olha para o termômetro marcando 35º C e deseja que isso seja verdade, mas o que o termômetro não mostra é a sensação que está muito além de 60º. É como se você fosse um ovo a cozinhar.